PT-BR  FR 
Busca    
Newsletter Fale conosco √Ārea reservada
IPEAK
ALLAN KARDEC
O QUE √Č O ESPIRITISMO
A SOCIEDADE ESP√ćRITA DE PARIS - SPEE
OBRAS DE ALLAN KARDEC
HIST√ďRIA DO ESPIRITISMO
ROTEIROS DE ESTUDOS - IPEAK
ESTUDOS E PESQUISAS
Apresentação e objetivos

IPEAK – INSTITUTO DE PESQUISAS ESPÍRITAS ALLAN KARDEC

 

O que caracteriza um estudo sério é a continuidade que se lhe dá. Será de admirar que muitas vezes não se obtenha nenhuma resposta sensata a questões de si mesmas graves, quando propostas ao acaso e à queima-roupa, em meio de uma aluvião de outras extravagantes? Ademais, sucede freqüentemente que, por complexa, uma questão, para ser elucidada, exige a solução de outras preliminares ou complementares.

Quem deseje tornar-se versado numa ciência tem que a estudar metodicamente, começando pelo princípio e acompanhando o encadeamento e o desenvolvimento das idéias. Que adiantará àquele que, ao acaso, dirigir a um cientista perguntas acerca de uma ciência cujas primeiras palavras ignore? Allan Kardec, O Livro dos Espíritos, Introdução, item VIII.

 

Os membros do IPEAK, profundamente gratos pelos imensos benefícios obtidos graças aos ensinos da Ciência Espírita, apresentam ao público esta singela contribuição, fruto do trabalho de muitos.

Trata-se da organização das obras do Mestre e da sua publicação de maneira a que todos os interessados possam delas se beneficiar.

Isso só nos foi possível graças à iniciativa de valorosos Espíritos do progresso, que digitalizaram e disponibilizaram preciosidades que estavam nas estantes de bibliotecas do mundo inteiro, entre as quais estão muitas de Allan Kardec. Dentre eles, desejamos citar os idealizadores do Google Books (http://books.google.com.br) e da BNF – Biblioteca Nacional da França (http://gallica.bnf.fr): dois Portais nos quais encontramos a grande parte das obras que inserimos no IPEAK.

Nosso trabalho pode ser comparado ao de bibliotecários que se encarregaram de catalogar as obras, segundo as orientações deixadas pelo próprio Kardec, digitalizar, diagramar e dar um tratamento adequado às que adquirimos em sebos da França e de outros países, e garimpar as já disponíveis nos sites citados.

Além das obras fundamentais da Ciência Espírita, também buscamos reunir os livros e periódicos indicados por Kardec, sejam os que constam no Catálogo Racional, seja os que ele cita na Revista e nas demais obras.

E, para facilitar o estudo daqueles que desejam conhecer ou aprofundar o entendimento do Espiritismo, nos propomos a fazer um roteiro das principais obras de Kardec, iniciando pelo Livro dos Espíritos.

Nesses roteiros procuramos seguir a ordem cronológica das obras, respeitando assim o encadeamento estabelecido por Kardec na exposição de cada tema.

Como o próprio Mestre disse: Quem deseje tornar-se versado numa ciência tem que a estudar metodicamente, começando pelo princípio e acompanhando o encadeamento e o desenvolvimento das idéias.

Encontramos um exemplo disso quando é tratado o tema possessão. Em O Livro dos Médiuns, 1861, Kardec o examina de um ponto de vista, depois ele o reconsidera em A Gênese, 1868. O estudioso que seguir os passos de Kardec perceberá que ele justifica esse ajuste na Revista Espírita de dezembro de 1863 - Um caso de possessão – Senhorita Júlia, quando esclarece: Dissemos que não havia possessos, no sentido vulgar do vocábulo, mas subjugados. Voltamos a esta asserção absoluta, porque agora nos é demonstrado que pode haver verdadeira possessão, isto é, substituição, posto que parcial, de um Espírito errante a um encarnado.

Nosso objetivo, portanto, não é outro senão o de facilitar o estudo daqueles que desejam acompanhar o encadeamento e o desenvolvimento das idéias, já traçados pelo próprio Kardec em suas obras.

Eis o em que consistem os objetivos do IPEAK.

 

Sobre o GEAK 

 

Outras atividades que também são levadas a efeito por alguns membros dessa Equipe, é o estudo e a prática da Ciência Espírita, no Grupo de Estudos Espíritas Allan Kardec.

Desses estudos, alguns são gravados e os áudios disponibilizados no site: www.geak.com.br, servindo-nos de um direito comum a todos os cidadãos, mas não guardamos a mínima pretensão de darmos a última palavra nos assuntos que estudamos e discutimos. Damos apenas a nossa opinião, de acordo com a capacidade de entendimento de cada um.

Se os publicamos é somente com o intuito de compartilhar o fruto de nossas reflexões, seja dos textos das obras de Kardec, seja das novas comunicações obtidas em nossas sessões, dos Espíritos que temos evocado para nos esclarecerem.

Curitiba, 03 de outubro de 2010.

206º aniversário de nascimento de Hyppolite-Léon-Denizard Rivail, nosso querido Allan Kardec.

topo da p√°gina voltar imprimir indicar